08 junho 2009

 

Muito Além

Foto: Nietzsche em estado de delírio

Toda vez que leio Nietzsche sempre sinto náuseas. Não pela sua obra. Mas sim pela densidade de sua filosofia, que me encurrala, me aprisiona em mim mesmo. Ecce Homo está me causando crateras na alma. Estou lendo este livro do Nietzsche, ciente de que não é um de seus livros mais densos, porém sempre me invade uma sensação de que a vida pesa bem mais do que a dor de não saber vivê-la. Na verdade este é um livro em que Nietzsche faz uma viagem, uma breve análise sobre suas principais obras. Mas do que qualquer outra coisa, vemos em Ecce Homo um autor extremamente prepotente e, por outro lado, ferido pelo pouco reconhecimento de que era vítima. Mesmo assim, não me vejo nesta existência abrindo mão de ler este filósofo. Sempre gostei de lê-lo. Às vezes por necessidade de ânimo, embora na maioria das vezes esta tenha causado efeito reverso. Às vezes para esculhambar o vazio existencial que vez por outra me assola.

É bom lembrar que Nietzsche é um filósofo muito em evidência no limiar de nosso século XXI. Eu sequer gosto de entender o porquê disso. Pois, discordando do próprio Nietzsche, que dizia que era “extemporâneo”, ou seja, um ser fora de seu tempo, acredito que sua filosofia, é uma filosofia do “desde sempre”: independente do período da humanidade, ele sempre esteve falando para o humano, sem distinção de qualquer século que esteja impresso. E eu, independente da leitura de qualquer livro seus, sempre sou vítimas de náuseas. E vou aprendendo com isso: certas leituras são pontes para náuseas. Neste caso, não as leituras si, mas o que as leituras são além de si.

Comments:
Pô, crateras na alma?? Me deixou curioso mesmo...

Seguinte Wagner, talvez você tenha percebido que eu barrei lá o EIS: O ÂNGULO...
Me escreve pra nandodijesus@gmail.com ok?

Abração!
 
amei a foto!
adoro Nietzsche!

beijos...
 
Cada Leitura que faz buraco na alma é uma porta para um caminho sem volta e cruzar a porta já causa nauseas, mas ainda tem o desespero do meio do caminho, que era caminho de Drummond também. Parabéns pelo blogue. Se puder visita lá o meu também nordestino como eu. Abraços!!!
 
"... esculhambar o vazio existencial que vez por outra me assola."
a casa fica bem melhor assim =)

beijo!
Gabi
p.s. obrigada pela visita!
 
Com essa história de náusea você me lembrou o Sartre. Fico contente em descobrir seu interesse por Nietzsche, recomendo as edições que a Cia das Letras vem publicando dele nas ótimas traduções de Paulo César de Souza.
 
It really picks up at 11:14...the list of family values being threatened by homosexuals ("freedom of speech" being the LOL moment), and then comes the cure for lesbianism...

Omar, you really should take a 2-week tour of the heartland of America. Rent yourself a PT Cruiser and buy some John Mellencamp cds. I can draw you a map directing you to our finest sites...God Bless Sarah Palin billboards, giant vinyl siding crosses that glow purple at night, Gander Mountain superstores, my favorite Jesus Can't Swim statue...

Btw, Michael Jackson holds the top nine Billboard chart positions this week. It's good to know y'all still dig deep when an icon dies. Hard to put a fake autograph on a download and sell it as a collector's item on eBay, innit.
 
Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?