06 maio 2009

 

Rosa, sem pétalas

Show em Garanhuns-PE

Ah, quero comentar o show que fui, da banda Rosa de Saron, levado pela mais pura influência dos outros. (Acho que já sou grandinho até demais para sofrer influências dessa natureza.) Eu já detestava esse grupo, e agora então! Ouvi e vi de perto um som capenga. É um desses grupinhos que lançam moda já acenando para a efemeridade de sua música. Um grupo que poderíamos dizer que é a metáfora do que é Paulo Coelho para a Literatura brasileira: uma demasiada artificialidade. Pois bem, levado pela propaganda da TV Globo, o Rosa de Saron vem emplacando em todas as grandes rádios. Esta emissora força a massa a acreditar que esta banda tem unção para revelar uma música católica de qualidade. Fato é que é um grupo que nada traz de novo ao cenário musical, tanto no que diz respeito à música mundana, quanto católica. É uma bandinha despetalada. Podem perguntar de onde vem minha revolta diante desta banda. E eu respondo: eu já os vi tocar bem antes, quando ainda não tinham aberto mão de um rock bem curtido. Com o passar do tempo, venderam-se às baladinhas radiofônicas como se vendessem pipoca no trânsito. Gostava do som deles, era peso puro. Para mim toda banda de rock (ainda que católica), que vende a sua sonoridade, deve ir direto para fogo do inferno, e lá ser esquecida. Curto rock, e para mim não há nada mais decepcionante do que uma banda que vende seu som. Começa mesmo pelo seu caule, se torna frágil, caem os espinhos, fica sem carola. Rosa apenas, despetalada.

Comments:
esse jardineiro, poda mermo!
 
Este comentário foi removido pelo autor.
 
Pois é, pode até ser verdade. Porém creio que seja um pouco exagerada a opinião em relação a música feita por eles, evidentimente exitem relações comerciais em qualquer meio do nosso mundo capitalista, pois só desta forma conseguimos escrever um livro ou divulgar músicas. Mudanças existem, e podem ser para melhor ou não, dependendo de um ponto de vista muito pessoal e intransferível. As mudanças realizadas por eles, leva em consideração um lado mais espiritual, mudou seu estilo! mudou sua personalidade musical! porém será que realmente a messagem que eles querem passar não precisaria dessa mudança?
 
tendo em vista que pouco vai mudar sua opinião, porém deixo minha pequena messagem ^^!
 
hahaha
das primeiras linhas de seu artigo imaginei que falarias bem do grupo,,, mas o choque me foi bem vindo, rs

Abraços e desabafadas invenções!
 
nossa, acho que foi corajoso de ir!!!
Ouvi por alto na tv....
Apesar que, Padre Fabio de Mello que tambem faz musica religiosa, não tem nada a ver com o que a midia pinta dele... padre gato, rs!


Sim, vc poderia estar enganado!


Mas, bom ler, assim pelo certeza que realmente a música deles é péssima....

De PE, queria muito ir em um show do cordel.........
 
As pessoas mudam, não podem ficar presas em uma só coisa a vida toda, eu já escutei os CD's do Rosa na fase Heavy Metal, é realmente muito bom, mas como eu já disse eles mudaram! Eu não sei, se você já leu o livro "Rock, fé e poesia" mas lá vem explicando os motivos da banda ao longo dos seus 20 anos de carreira ter mudado um pouco o seu som, a banda já quase acabou por isso, eles estavam cansados do som, mas é claro você não sabia, então não fique criticando a banda RdS, ou mesmo qualquer outra pessoa ou banda, primeiro se informe.
 
Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?