30 setembro 2008

 


Decreto de Acordo Ortográfico é assinado pelo Presidente Lula


Ontem, na Academia Brasileira de Letras, no Rio de Janeiro, o Presidente Lula assinou decreto que estabelece o cronograma para a vigência do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. O “fim do trema”, “a supressão de consoantes mudas”, “novas regras para o emprego do hífen”, “inclusão das letras w, k e y ao idioma”, além de “novas regras de acentuação”, são algumas mudanças previstas neste Acordo, que entrará em voga a partir de janeiro de 2009. Todavia, as duas normas ortográficas - a atual e a prevista no acordo - terão valia como corretas nos exames escolares, vestibulares, concursos públicos e demais meios escritos até dezembro de 2012. Para unificar o registro escrito nos oito países que falam Português (Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Timor Leste, Brasil e Portugal), o Acordo Ortográfico foi assinado em Lisboa, em 16 de dezembro de 1990. Segundo o Ministério da Educação, essa medida facilitará o intercâmbio cultural e científico entre os países, e ampliará ainda a divulgação do idioma e da Literatura em língua portuguesa; o que é por demais louvável, uma vez que cada vez mais percebemos novos escritores, por exemplo, de origem africana publicando ótimos livros de contos ou romances em Língua Portuguesa e, infelizmente, estes acabam sendo impermeabilizados pelas grandes editoras, que em sua maioria dão preferência à publicação de escritores de línguas universalmente mais usadas.

Comments: Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?