09 fevereiro 2008

 

PROCURO ME EXCITAR!

Iniciei a leitura do livro 200 Crônicas escolhidas (“as melhores”), de Rubem Braga. (Fui à casa do poeta Helder Hortta pedir tal livro emprestado). Ademais, preciso de uma injeção de ânimo para escrever: ultimamente me sinto assaltado por uma indisposição incrível para me danar na escrita. Talvez, fruto de probleminhas pessoais, que, me desculpem meus leitores, mas não irei expô-los aqui. Só que, enquanto à minha escolha e atração pelo livro, não soube responder ao certo se o escolhi pelo fato de achar na crônica um tipo de texto mais suave e, por vezes, mais instigante para o ânimo do hábito da escrita, ou simplesmente pelo fato de achar interessante a mulher pelada exposta na capa do livro (risos). Mas, enfim, não sei se poderei sabê-lo. Sei que os dois me excitam: tanto a crônica (que alguns viadinhos metidos a críticos literários acham um gênero menor) como a mulher/jovem da capa mostrando-se toda nua de costas, lendo um livro. Acredito que todo escritor tem que está sempre “recarregando suas baterias”, lendo sempre, de tudo; mas nem sempre todos. Leio, portanto, Rubem Braga: único escritor brasileiro consagrado de nossa literatura que se destacou exclusivamente como cronista. Leio e busco excitação para escrever, viver, sorrir. Que eu saiba me refugiar nas palavras: esse mundo de mistérios intranqüilos que me escondo sem cessar.

Comments:
tenho certeza de que você encontrará tudo o que precisa... um bom livro realmente salva (e lava) a alma :)

até lá, um abraço grande,
k.
 
vc m surpreende em cada texto seu, vc fala da excitação de várias formas, e com isso chego a conclusão q a vida é uma excitação. vc é demais sou sua fã, espero seu primeiro livro, e além de tudo é um maior gatinho.Bj
 
Mas é no livro que se encontra a maior fonte para escrever, excitação de escrita? essa foi ótima.
dias lindos e sossegados
beijos
 
Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?