23 junho 2007

 



Para atender ao nosso período de Festas Juninas, postarei* um poema que acredito ser o que melhor ilustra esse tempo em que as fogueiras melam nossas roupas com sua fumaça (risos). Neste post, um poema em que o poeta Manuel Bandeira nos impele a observar o quão a vida é fugaz e cruel a ponto de nos furtar pessoas que acabam, independente da forma, ficando presentes em nossas vidas, ainda que dormindo (“profundamente”) o sono da eternidade, um sono em que o poeta vem a evocar durante o São João. Um Feliz São João a todos! Eis o poema:



PROFUNDAMENTE

Quando ontem adormeci
Na noite de São João
Havia alegria e rumor
Estrondos de bombas luzes de Bengala
Vozes cantigas e risos
Ao pé das fogueiras acesas.

No meio da noite despertei
Não ouvi mais vozes nem risos
Apenas balões
Passavam errantes
Silenciosamente
Apenas de vez em quando
O ruído de um bonde
Cortava o silêncio
Como um túnel.
Onde estavam os que há pouco
Dançavam
Cantavam
E riam
Ao pé das fogueiras acesas?
- Estavam todos dormindo
Estavam todos deitados
Dormindo
Profundamente.

*

Quando eu tinha seis anos
Não pude ver o fim da festa de São João
Porque adormeci

Hoje não ouço mais as vozes daquele tempo
Minha avó
Meu avô
Totônio Rodrigues
Tomásia
Rosa
Onde estão todos eles?

- Estão todos dormindo
Estão todos deitados
Dormindo
Profundamente.

(Manuel Bandeira)



*= estou muito feliz por esse ser o post de n° 100 deste meu modesto blog, e essa felicidade se intensifica ainda mais por poder partilhá-la com outros amigos blogueiros/amigos da letras.

Comments:
Eu sempre gostei desse mês de festas juninas....adorava dançar quadrilha...mais hj mudei um poko...
Parabéns pelo 100 post...
beijos
 
belíssimo bandeira

parabéns pelo 100º post


“Nenhuma sorte constitui um mero acaso...
e a vida a tua frente só devolve o que lhe deste e nada, nada mais"
(GOETHE)

Bjos da -=Þëqµëñä Þö놡zä=- !!!
 
Poema profundo!
Parabéns pelo post de número cem, que muitas outras centenas nos dêem o prazer de te ler!
Beijocas e ótima semana!
 
Feliz São Joâo!!!!
 
bom são João!

Beijos
 
AMO FESTA JUNINA e o poema é muito bom.

beijocas

MM
 
Eu que tenho avôs e avós dormindo, bem sei que na fogueira arde saudades.
Coisa mais gostosa tua casa.
beijo na alma.
 
Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?