04 junho 2007

 
DO TEMPO NA OUTRA PESSOA

Como seria se nós pudéssemos parar o tempo? Se pudéssemos manusear os movimentos da terra e estancar aquelas horas que nos prendem ao raio incessante da vida? Talvez uma das maiores covardias da vida seja ela pôr vendas em nossos olhos ao estarmos a toda em pleno exercício de gozo espiritual e, logo, sujeitos às guinadas que, por assim dizer, têm o poder de tornar nosso caminho amargo e penoso. Entretanto, existe algo que se chama “conformismo”, e é nele que nos apegamos na nossa condição de incapazes de reverter certos quadros que a vida nos empurra de goela abaixo. Assim, o tempo também tem o poder de fugir a tudo que está preso às nossas mãos, aos nossos olhos, às nossas agonias. Quiçá isso explique a busca constante da outra pessoa, para na tentativa de dividir as nossas desgraças com outrem, estas desgraças fujam da gente, deixando as coisas mais leves... Enfim, talvez não seja essa a explicação necessária para achar as coisas temporalizadas na outra pessoa, uma vez que se busca nessa outra pessoa a fuga da morte, um tempo ininterrupto, um encontro com a leveza.

Comments:
Será? Sei não......

beijos, querido e boa semana

MM
 
pois..... tbm não sei não...
aliás, ultimamente não sei de nada!!!!
 
Eu só queria que o tempo parasse, Wagner, quando estivesse nos braços de meu amor. Aconchegada. Grudada.
Liliane de Paula
 
Oi, Wagner! Obrigada pelo comentário no meu blog.
Não gosto nem de pensar em se pudéssemos parar o tempo. (Lembrei daquele filme com o Bill Murray, em que ele acordava sempre no dia de ontem; sabes qual é?) O legal é a dinâmica da vida, dos processos, dos ciclos e tal. Parar tudo isso pra quê?
Acho, na verdade, que a gente procura outras pessoas (amantes, amigos, colegas,etc.), näo para dividir as tristeza, mas as alegrias. Porque alegria que não se divide, não é alegria.
Abraço pra ti.
 
Ah, lembrei. O nome do filme era "Groundhog Day", o dia da marmota.
;)
 
oi adorei este seu cantinho ofereco a voce o meu link pode pegar ta ?
A lua é a certeza de que estará encantando as mais belas noites, o sol é a certeza de que o dia já começará brilhando, e Deus me oferecerá a razão de eu poder estar sempre contemplando.
uma boa noite de descanso bjs
 
De vez em quando parar o tempo seria bom, mas não por muito tempo. Só mesmo o tempo necessário para lembrar.
não sei. não sei.
obrigada pelo coment.
:Dbeijo!
 
Leia uma breve apresentação de Alberto da Cunha Melo em http://urarianoms.blog.uol.com.br/
Abraço.
 
esse conformismo q aprisiona =/

“Aprendi a me conhecer
lentamente.
A mudar
rapidamente.

Quando me descubro já não sou.”

(Fernando Palma)


Bjos da -=Þëqµëñä Þö놡zä=- !!!
 
Parar o tempo... por vezes...
 
Olá Wagner,
te encontrei num commment lá no blog da Luciane e vim te visitar. OLha, tem uam frase da Rachel de Queiroz que define bem essa nossa forma de viver, querendo a parceria...." A gente nasce e morre só...e gtalvez por isso é que desejamos tanto viver acompanhados".
Dias sempre ensolarados para ti,Grace
 
E em que tempo gostariamos de estar?
Gostei, parabens!
 
Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?