02 maio 2007

 

A TESOURA SOBRE A PELE (OU CANÇÃO DE ESPELHO)


,teria chorado se com mil tesouras não tivesse rasgado o espelho – carregava em cada centímetro luzente os poucos raios que fugiam à forma. As lágrimas seriam poucas. Poucas, não queria dizer necessariamente poucas. Qualquer palavra se reduziria à grandeza do que o espelho ao estar vivo poderia revelar – revelar apenas. Sim, talvez os olhos fossem pequenos, e, não as lágrimas poucas. No entanto, só os olhos nasciam diante do que o espelho teria de revelar – toda revelação provoca medo – “eu não queria que fosse medo” – mas como viveríamos se não morrêssemos de medo? – nunca havia imaginado que um espelho poderia encurralar alguém. Esse medo vinha mesmo do que não era dito, mas sim do era revelado, aos poucos. Não seria questão de enxergar o que o espelho poderia revelar, mas sim o que ele poderia dizer. Aquilo nascia como um calo. Dilatando um pouco a pele, emancipando os pêlos, fazendo com que o corpo deslizasse ao toque leve, que era a única forma de manifestar o contentamento que invadia o quarto. Não doía sequer o corpo sobre a cama, mas sim a luz que sobre ele incidia. Não era luz a necessidade do corpo, porém o corpo necessitava de luz. Não poderia haver silêncio, tudo já era silêncio – embora muitas coisas perturbassem – vibrassem e – fizessem barulho – todo barulho é bem vindo quando a desordem impera –, sabia disso, mas o espelho não; daí o motivo de sua pele ser rasgada, a mil tesouras.

Comments:
Será que o espelho revela tudo sobre nós? Melhor deixar quieto...
boa semana...Chris
 
fico horas tentando decifrar o que o espelho quer me dizer. talvez eu não queira mesmo é saber... legal seu canto. vim retribuir o beijo.
 
vim agradecer e retribuir a visita e o carinho das palavras. obrigada!
gostei muito, viu?
beijos!!!
 
Fala véio, belezinha?
Então cara... Precisava de uma ajuda sua...
Queria saber se você tem o msn da Sorana... Precisava falar com ela...
Qualquer coisa me adiciona no msn: alan_mendigo@hotmail.com
Abraço!
 
vim te ler...
 
Essa imagem refletida no olhar do outro que é espelho...
Essa projeção de imagens nos outros, busca desesperada de iguais...solidão.
Moço, tua marcha é linda. Tem alma.
=*
 
Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?