04 abril 2007

 


"Ás vezes te odeio por quase um segundo/Depois te amo mais/Teus pêlos, teu gosto, teu rosto, tudo/Tudo que não me deixa em paz/Quais são as cores e as coisas pra te prender?/Eu tive um sonho ruim e acordei chorando/Por isso eu te liguei” (Quase um segundo)

Um dos meus ídolos - nunca escondi de ninguém – Cazuza! Se estivesse vivo estaria hoje completando 49 anos. E este ano irá fazer 17 anos de sua “morte”. Obviamente, uma lacuna que nunca irá ser preenchida na MPB.


“A tua cabaça dura/Que só eu sei tem cura/Que só eu mesmo pra desculpar/Por tanta incapacidade de amar”
(Incapacidade de amar)

A meu ver, talvez uma das vozes mais sólidas de nossos bons anos 80. Poeta-compositor que soube trilhar entre o Rock, a poesia e a MPB sem dever nada a qualquer outro que estivesse em plena atividade artistica de sua época.

“Um homem nasce pra brincar/E não pra esculhambar a vida/Um homem nasce pra curar/E cutucar a ferida/Mesmo se for pra transformar/Num inferno um céu conformista/Mesmo se for pra guerrear/Escolha as armas mais bonitas”
(Tudo é amor)

Louvores a “Caju”. Um ícone em nossa música, em nossa poesia. Acredito que sua obra nasceu com muita intimidade com a palavra “imortalidade”. Façamos do veio de Cazuza o nosso espaço de transcedência à própria inibição do homem contemporâneo frente suas (i)limitações.

“As ruas cheias de gente procurando/Comprando e vendendo coisas/É importante se ir ao inferno/Ficar uma semana”
(Mal necessário)

Comments:
Olá :)

Muito bem lembrado, Cazuza é ótimo. Sim, é! É pq a música ainda vive.

Também adoro seu blog, pena não poder passar por aqui mais vezes. Às vezes até leio, mas não dá tempo de ler e comentar muita coisa... lá onde moro agora não tem pc e ficar fazendo essas coisas no polo da faculdade ou na lan é tão estranho. rs

Queria linkar seu blog, mas não consegui pq nos servidores são "rivais" - até aparece uma mensagem engraçada dizendo que eu estava querendo ser amiga do concorrente ou coisa assim.

Ah! A Maria da Graça mandou lhe dizer que, "desapaixona-se quando percebe-se que o doce é cenográfico". ;)

Beijos
=*

 
Fã de cazuza eu também.
Homenagem mais linda!
=*
 
cazuza é O CARA.. nao "mais um cara", é OOOO cara.. amo cazuza! e acho q quando vc visitou meu blog eu ja tinha modificado o template...rs. beijos!
 
ele é o Autor da musica brasileira...

melhor cantor que ja existiu
 
Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?